A melhor profissão para a missão

11/10/2021 | Dicas

Qual é a melhor profissão pra missão? Essa é uma pergunta que todo mundo me faz. Veterinários, agrônomos, advogados, etc., toda e qualquer profissão é útil no campo missionário mas de formas diferentes. A gente precisa deixar pra trás a ideia equivocada de que missão dá mais certo se você for enfermeiro, médico ou dentista. Essa ideia tem origem muitas vezes nas diversas histórias missionárias que a gente conhece onde um médico foi para a África e a gente deduz que essa é a única forma de atuar como profissional missionário; muita gente acaba interpretando assim, que é preciso ser da área da saúde para atuar em missão. Isso inclusive aconteceu comigo também. Outra razão pela qual as pessoas confundem é por causa das viagens missionárias (ou mission trips) de curta duração. Me refiro às viagens em que um profissional passa duas ou três semanas em um determinado país ou região realizando um trabalho assistencial e depois retorna pra sua rotina normal. Não há nada errado com essa abordagem, mas é fato de que ela não representa o que é missão transcultural. 

A área da saúde é melhor?

A realidade é que profissionais de saúde enfrentam pelo menos duas restrições quando se envolvem com missão: quando se voluntariam para trabalhar em um país/região remoto, eles não ficarão lá por muito tempo devido ao caráter voluntário do trabalho (que não é sustentável por muito tempo). Caso decidam por tornar-se profissionais permanentes nesse novo território serão necessários vários ajustes para validar a prática da profissão no país. 

Um outro aspecto muito relevante, em se tratando de missões nas quais presta-se assistência em países pobres, é que se toda missão for direcionada a pessoas carentes, não estaremos cumprindo a missão de levar o evangelho para toda tribo, raça, língua e povo. Precisamos entender de uma vez por todas que são necessários embaixadores do reino em todas as áreas de atuação e em todas as partes do mundo (não só em países mais pobres). Precisamos de diplomatas, embaixadores, veterinários, agrônomos, assim como pessoas de negócios e profissionais da saúde. Todos são necessários. O problema muitas vezes é que a gente costuma pensar que como profissionais, vamos pregar para quem é nosso “cliente”. Isso nem é possível em grande parte das situações. Um profissional da saúde por exemplo, deve atender a alguns padrões éticos que impedem que ele pregue para um paciente. Ou seja, precisamos deixar de lado a ideia que ser missionário por meio de nossa profissão é pregar para nossos clientes (se fosse assim, realmente não seria possível um agrônomo ou veterinário se tornar missionário).

Por isso é tão importante ajustarmos nossa mentalidade de que somos salvadores, ou que estamos de um ponto elevado pregando para pessoas que precisam dos nossos serviços (até mesmo com um certo ar de superioridade). Essa é uma das principais armadilhas que não nos permitem compreender verdadeiramente o papel de profissionais na pregação do Evangelho a todo o mundo.

Expandindo o conceito

Um formato de missão bastante eficaz é a pregação entre pares. Cada profissional compartilhando o evangelho com outras pessoas da sua área de atuação. Caso contrário, quem poderia pregar pra um piloto de avião, por exemplo? Percebe como nessa abordagem todas as profissões são necessárias? 

Outro equívoco muito comum acontece quando uma pessoa busca uma determinada organização missionária com o intuito de achar um “emprego missionário”. Leva tempo e envolve séria preparação para se tornar um “profissional missionário” através da sua própria profissão. Não é comum que se encontre ofertas de trabalho para profissionais missionários de muitos setores diferentes, então se deduz que não há oportunidades missionárias para estas outras áreas, o que não poderia estar mais longe da verdade. As oportunidades são muitas, mas é preciso saber por onde começar. Clique aqui para saber mais.

Quer mais?

Para aprender mais sobre missão, ter acesso a diversos livros online e dicas sobre livros missionários, faça parte da Comunidade Missionária.

Liz Motta Hermann

Missionária de carreira de auto-sustento e mentora de missionários ao redor do mundo. Missionária há 9 anos atuando principalmente nas áreas de negócios, educação e desenvolvimento social.